Danças Circulares Sagradas

As Danças Circulares ou Danças dos Povos fazem parte da vida social humana desde a mais remota data. Em círculo, o homem das sociedades primitivas, celebrava todos os acontecimentos importantes como o nascimento, a iniciação, o casamento, o plantio, a colheita, a chegada das chuvas, a primavera, a morte. Ela era o símbolo da vida comunitária, o eixo agregador e socializador da comunidade, refletindo a necessidade da comunhão, da união das pessoas nos momentos de alegria, de tristeza, de louvor, de medo, de preparação para o combate, de gratidão a terra e a divindade. Para estes povos a dança era um ato sagrado que lhes permitia a ligação com o divino expressando através dela sua profunda ligação com tudo que o cercava.

Com o desenvolvimento das civilizações, o homem foi se distanciando destas práticas, da natureza, do aspecto divino da vida, de seu self, de sua alma, as danças sendo esquecidas e o homem esquecendo de si.

Na década de 50 Bernhard Wosien, dançarino, coreógrafo e pedagogo alemão começa a coletar danças circulares, a resgatar esta prática de manifestação ameaçada de desaparecimento. Em 1970 vai a Comunidade de Findhonn, na Escócia, ensinar estas danças e, a partir deste momento, as Danças Circulares ganham o mundo. O homem redescobre o valor da dança onde com movimento, som, música e ritmo é possível restabelecer a ligação consigo e com os outros. Ela é ação, esporte, meditação ativa, oração e agente transformador da alegria e da devoção. Seus benefícios são físicos, mentais, emocionais, espirituais. Como exercício aeróbico acorda o corpo, fortalece e tonifica os músculos, estimula a atenção e concentração, traz alegria e descontração, libera emoções reprimidas, favorece a amizade e o amor, cria um campo energético benéfico a todos, restabelece o caminho do SER em busca de sua essência.

Benefícios Proporcionados Pelas Danças Circulares

Danças Circulares SagradasDançando, cantando, brincando, produzimos uma energia de alta freqüência que estimula, acorda, revigora nosso corpo físico, harmoniza nosso corpo emocional, equilibra nosso corpo mental e nos coloca num maravilhoso estado de bem estar, de paz interior.

No corpo físico ativa todos os músculos, aumenta capacidade cárdio-respiratória, fortalece e torna flexível pernas, tornozelos, joelhos, coxas, quadris, fortalece os músculos abdominais, lombar, ombros e braços, favorece a flexibilidade do pescoço e da nuca, corrige problemas de lateralidade, estimula a percepção espacial, ajuda nos problemas de desequilíbrio e deslocamento, estimula a produção de serotonina e dopamina evitando estados depressivos, “afina” o ouvido, queima calorias sem grande esforço, molda o corpo.

No corpo mental estimula a atenção e a concentração, exige envolvimento pleno do mental e físico, favorece a percepção imediata de movimentos incorretos, favorece a harmonia consigo e com o grupo, concorre para o desenvolvimento do senso de organização coletiva, prevalece a cooperação.

No corpo emocional traz alegria e descontração, libera emoções reprimidas, estimula a auto confiança, estimula a perseverança, favorece a amizade e o amor para consigo e com os outros,
favorece a compreensão de que o todo é maior que a soma das partes pois a harmonia do circulo é mais do que a soma da ação de cada um, cria um clima de intimidade e companheirismo,
No corpo espiritual restabelece o caminho do ser em busca de sua essência, cria um campo energético benéfico a todos, propicia a meditação ativa, permite alcançar o estado de consciência que conduz à verdadeira PAZ de ESPÍRITO.

Terezinha Bianchini Derner -  Conselheira da UNIPAZ SC

Grupos 2016

Roda aberta de Danças Circulares pela Paz Mundial  – Domingo
Parque Ecológico do Córrego Grande
Parceria Unipaz SC e Associação Jeroky de Danças Circulares dos Povos.
Focalizadora – Joana Baldo
Contato: joana.baldo@hotmail.com

Segunda-feira
Estreito 15h – 16h30
Centro de Saúde Coloninha
Sônia de Castilhos
mscastilhos@hotmail.com
(48) 9911 2058

Coqueiros 16h – 17h30
Salão Paroquial da Igreja Coqueiros
Léa Lima
limalearaujo@gmail.com
(48) 9121 8485

Terça-feira:
Jurerê Internacional 16h – 17h30
Espaço da Cida
Rua das Caraúnas, 175
Cida García (48) 9982 2411
cidagarcia2004@hotmail.com
Tere Derner (48) 9998 1481
tere.derner@hotmail.com

Campeche 19h – 20h30
Espaço Panapaná – Servidão do
Cravo Branco, 310
Fabiana Veríssimo
fabyanaverissimo@gmail.com
(48) 9994 6152
(Dança Circular, a dança dos povos)

Quinta-feira
UFSC (Igrejinha) 10h – 11h30
Cida García (48) 9982 2411
cidagarcia2004@hotmail.com
Tere Derner (48) 9998 1481
tere.derner@hotmail.com

Campeche 19h – 20h30
Espaço Panapaná – Servidão do
Cravo Branco, 310
Fabiana Veríssimo
fabyanaverissimo@gmail.com
(48) 9994 6152
(Quinta dos florais)